Cronograma da viagem a Buenos Aires, Colonia do Sacramento, Montevideu, Punta del Este, Santiago, Viña del Mar e Valparaíso

Aqui estamos nós, fazendo mais uma viagem, dessa vez conhecendo um pouco mais dos nossos vizinhos. Aproveitamos uma super promoção de ida e volta a Montevideu e montamos um roteiro que incluísse Buenos Aires. Nossa ideia foi alugar um apartamento, não só pela comodidade de podermos preparar as próprias refeições e o sentimento de estar em casa, como pelo preço. É muito mais barato. Só tem o “inconveniente” de a locação precisar ser igual ou superior a uma semana na maioria dos casos.

Assim, ficamos com uma semana em Buenos Aires, tarde e noite pra Colonia do Sacramento, tarde e noite pra Montevideu e uma tarde pra Punta del Este. Voltamos ao Brasil. Aproveitando mais uma promoção, esticamos até Santiago. A ideia era ficar 7 dias completos pra descobrirmos essa cidade que os brasileiros tanto falam bem. Novamente alugamos apartamento, mas dessa vez mais no esquema de apart-hotel – o preço pra 7 dias era equivalente a 7 diárias, sem promoção. Ainda assim, foi muito mais barato do que os hoteis brasileiros.

O roteiro em Buenos Aires foge um pouco do tradicional. Meu foco no planejamento foi fazer uma viagem bem legal focada no que mais esperávamos ver. Na verdade, mais focada em Luciana, que gosta de ver coisa bonita, áreas verdes e floridas, além de animais. Desse modo, há dois zoológicos, originalmente havia até três (Temaiken), mas após termos conhecido o de Palermo e Luján, entendemos que já estava suficiente. Não tem La Boca nem Caminito, que não me parecia valer a pena diante do custo. A fama desses lugares é de ser perigoso. Já vi relato até de gente que estava no onibus e tomou uma pedrada vinda do nada. Não tem feira de San Telmo, pois não somos tão chegados em artesanato. No lugar do Temaiken, que estava programado pro dia 17, optamos por uma breve volta num shopping e fomos descansar.

Já no Uruguai eu flexibilizei totalmente o roteiro. Tenho o costume de planejar cada detalhe e experimentei algo diferente por lá. Não programei nenhum ponto turístico em Montevideu e Colonia, a ideia era sair andando e ver o que tem. E Punta foi mais ou menos a mesma coisa, de planejado, só ver La Mano e a Casa Pueblo. Depois conto como foi (ou, em alguns casos, como não foi). Santiago foi um pouco de cada, a viagem era com minha mãe e já emendada com a de Argentina e Uruguai, então eu fiz esboços de roteiros e os adaptei de acordo com o que senti que elas estavam dispostas a fazer.

Desta forma, assim fizemos nossa viagem:

11 de abril – partida do Brasil às 18h, chegada em Montevideu às 21h. Pegamos buquebus às 1h, chegada em Buenos Aires às 7h30.
12 de abril – Buenos Aires – Centro
13 de abril – Buenos Aires – Palermo Botânico
14 de abril – Buenos Aires – Recoleta e Retiro
15 de abril – Buenos Aires – Porto Madero
16 de abril – Buenos Aires – Luján
17 de abril – Buenos Aires – show de tango
18 de abril – Buenos Aires – Delta do Tigre
19 de abril – partida de Buenos Aires às 12h30. Chegada em Colonia às 13h30. Pernoite
20 de abril – partida de Colonia às 10h. Chegada em Montevidéu às 12h. Pernoite
21 de abril – Partida de Montevideu às 10h. Chegada em Punta del Este às 12h30. Retorno às 16h30. Volta pro Brasil às 20h.
22 de abril – Partida do Brasil às 17h. Chegada em Santiago às 22h.
23 de abril – Santiago – Centro
24 de abril – Santiago – Cerro Bellavista e La Chascona
25 de abril – Santiago – Passeio Las Condes e Providência, Cerro Santa Lucia
26 de abril – Santiago – Vinícola Undurraga
27 de abril – Santiago – Compras e volta ao hotel (muito frio e chuva)
28 de abril – Santiago – Aqui Está Coco, Providência e Parque de las Esculturas
29 de abril – Viña del Mar e Valparaíso
30 de abril – Volta ao Brasil

Anúncios
Esse post foi publicado em 1.1 - Cronograma. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Cronograma da viagem a Buenos Aires, Colonia do Sacramento, Montevideu, Punta del Este, Santiago, Viña del Mar e Valparaíso

  1. Enrico disse:

    Não foi no museu/estádio do Boca Juniors mas foi no zoológico de Palermo para a felicidade de vossa donzela, é muito amor isso !!! hahaha 🙂 Esse casal e suas aventuras ainda vão virar livro !

    • luademochila disse:

      Hahaha, pois é, pra você ver. Mas também foi muito amor dela aguentar o tanto que eu fiz nós dois andarmos no dia seguinte, na Recoleta, hehe.

      E vou te dizer, esse dia no zôo de Palermo foi dos mais legais da viagem. O problema de La Boca era mais a violência mesmo e ela iria se eu quisesse, né, Lu ? Mas achei que era melhor pra nós dois deixarmos isso pra lá. A única violência que vimos no zôo do Palermo foram os patos querendo dar porrada nos outros bichos e na gente também, se nos vissem com comida na mão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s