Roma dia 3 – Ufficio Scavii, Basílica de São Pedro, Vaticano

Logo pela manhã, às 9:45, fomos para a visita às escavações, passeio à parte, que precisa ser reservado com muita antecedência.

Vaticano

Ufficio Scavii

É bem legal, o guia te explica muito sobre a história do local. Não é possível tirar fotos, mas tirei umas roubadas. 90 % ficaram horríveis.

Nessa sala havia túmulos de povos pagãos, com o local devidamente decorado por eles. Teria vindo dali a inspiração para a nossa bandeira ? Note a semelhança

A visita termina dentro da Basílica de São Pedro, o que te poupa filas absurdas. A basílica é bem bonita, creio ser a igreja mais bonita de Roma.

Luciana se benzeu com a agua benta

E teve a benção de São Pedro

Resolvemos subir a cúpula, experiência da qual nos arrependemos muito. Na fila para comprar os ingressos havia lindos mosaicos ilustrando fatos bíblicos

Mesmo optando pelo elevador, você ainda tem muitos degraus pra subir. Uma escadaria estreita e muito mal ventilada, abarrotada de pessoas. Não recomendo. A vista não vale isso tudo.

Praça do Vaticano

Castello di Sant’Angelo ao fundo

Acabamos perdendo mais tempo na subida à cúpula do que imaginávamos e ainda estávamos mortos de fome. Ainda havia mais escadas.

Voltamos para o hotel para comermos algo (o hotel era relativamente perto). Havíamos reservado o Museu do Vaticano para 13:30, mas chegamos só 14:30. Não houve problemas, o fiscal sequer olhou para o bilhete, apenas passou o leitor de código de barras.

O museu é bem legal, mas é muito grande e as obras estão muito condensadas. Você fica meio perdido, sem saber o que ver. Alugamos áudio-guia, mas não ajudou muito. O museu é imenso.

Um pouco de arte moderna

Chegamos já mortos de cansaço na Capela Sistina. Lá é proibido tirar fotos mesmo sem flash. Os fiscais ficam o tempo todo falando “no flash, no photo” enchendo o saco. Mas é claro que eu não sairia de lá sem essa recordação. Algumas fotos roubadas:

Me senti um pouco decepcionado, pois é menor do que imaginávamos em termos de extensão e o teto é muito alto. Você enxerga com muito menos nitidez do que nos livros. Além de lotadíssima, não pode tirar fotos. Já estávamos tão cansados que acabamos não ficando por ali.

Saímos e paramos numa sorveteria lotadíssima perto do Vaticano. Pensamos, se está cheia assim, deve ser boa. Bem, não tinha nada de mais no gelato. Já estava tarde para ir ao Castelo di Sant’Angelo. Voltamos para o hotel e assim termina nosso passeio em Roma, pois o dia seguinte era de acordar cedo.

Anúncios
Esse post foi publicado em 1.7 - Roma dia 3. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Roma dia 3 – Ufficio Scavii, Basílica de São Pedro, Vaticano

  1. Luciana disse:

    Algumas pinturas, como umas da Galeria Borghese e da Capela Sistina, eram impressionantes, pois a pessoa via nitidamente coisas em alto relevo, mas na verdade era só a pintura plana. Tinha um efeito 3D.

  2. Leonardo disse:

    realmente essas pinturas são impressionantes, eu jurava que eram esculturas,hehehehe.
    Fiz os museus vaticanos com visita guiada em português, foi uma experiência fantástica!!!
    Achei o museu incrível e a guia, que era historiadora da arte, foi fundamental para entendermos as obras mais importantes, e eu gostei muito da capela sistina, achei muito mais incrível que nos livros e a pintura de trás do altar é fenomenal!

    Bom, e por falar em gelato, para mim o melhor, sem bem que praticamente todos são incríveis, e de um café que fica exatamente em frente ao Panteon.
    Muito legal o blog.

    • luademochila disse:

      Fala, Leonado. Imagino que tenha sido, acho que visitas guiadas em museus devem valer muito a pena. De outro modo, você fica um pouco perdido. Para amenizar, alguns meses antes eu li um livro de história da arte (Gombrich), quebrou um galho. A Capela Sistina é mesmo incrível, mas no final juntou o cansaço de ter andado o museu todo, além da pressão dos guardas e eu senti que aproveitei menos do que gostaria. Acho que ainda vou voltar um dia.

      Boa dica do gelato nesse café, o que fomos perto do Pantheón era uma gelateria mesmo e infelizmente demos azar. Os melhores que provamos na Itália foram em Veneza e San Gimignano.

      Abs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s